Aberto o 1º Iriri Bier Festival

Publicado em às 18:24.
Por Aline Cunha

A Associação Iriri Vivo mais uma vez sai na frente, aproveitando o feriado da Proclamação abriu o evento envolvendo cervejas artesanais e food truck

 

A abertura do 1º Iriri Bier Festival, nesta quarta, 15, na Praça de Eventos no balneário anchietense foi um sucesso, milhares de pessoas compareceram para experimentar as diversas marcas de cervejas artesanais. Famílias inteiras de diversas cidades marcaram presença e experimentaram as várias marcas de cervejas artesanais que estão sendo apresentadas.

Não tenha dúvida o Iriri Bier Festival é mais um sucesso emplacado pela Associação Iriri Vivo e está instalado na área de eventos do balneário, na Praia da Costa Azul, funcionando a partir das 16h até 00h00 com direito a música ao vivo.

Nos food trucks, os visitantes podem encontrar crepes doces e salgados, comida mexicana, argentina, italiana, japonesa, doces gourmet, cafés e churros.

Curtindo a primeira noite do Festival a Família Poloni Foleto, de Iconha que aplaudiu a iniciativa. “A ideia é bem interessante, a região precisa de eventos assim diferentes para dar uma movimentada”.

De Piúma, o casal Cristiano e Marisa também curtiram muito o festival. “Excelente iniciativa, muita gente bonita, esse evento é a cara de Iriri, organização nota 10”.

De Vila Velha a família Latavanha que já frequenta o balneário há tempos parabenizaram o evento. “Somos acostumados a frequentar o balneário o evento está maravilhoso e não deve ficar só no primeiro, queremos mais”.

Quem também marcou presença no primeiro dia foi o casal de Juiz de Fora Thiago Saggioro e sua esposa, Nicole Rocha.  “Ficamos surpresos, o espaço está maravilhoso e são muitas opções, parabéns aos organizadores”.

O evento vai até domingo, 19 e conta com bier trucks de cervejas artesanais e chopes, food trucks de burguers artesanais, roda de boteco e outras delícias da gastronomia.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*