Agersa fiscaliza obras para melhoria no sistema de coleta de esgoto

Publicado em às 19:47.
Por Assessoria de Imprensa
Desta vez, é beneficiada a rua Carly Levi Ramos, no Novo Parque, que receberá novas redesObras para melhoria no sistema de coleta de esgoto estão sendo executadas no bairro Novo Parque, em Cachoeiro, com término previsto ainda neste mês. Resultado de estudos desenvolvidos pela Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Agersa), a obra faz parte de uma sequência de ações para identificar pontos com necessidade de intervenção na rede coletora do município.

Desta vez, é beneficiada a rua Carly Levi Ramos, que receberá novas redes de esgoto, possibilitando, assim, a retirada do lançamento na rede de drenagem pluvial. O investimento para execução da obra gira em torno de R$ 195 mil.

A Agersa vem realizando a fiscalização da execução da obra pela empresa concessionária BRK Ambiental, e até o momento foram concluídos 640 metros de rede. A rede concluída já permite a retirada de 51 lançamentos de esgoto provenientes de domicílios que, devido às suas características de construção, não eram atendidos com rede coletora.

“O atual tipo de lançamento presente na região da Carly Levi Ramos utiliza o Sistema Unitário, ou seja, a rede de drenagem pluvial é usada como via de escoamento do esgoto. O maior problema deste tipo de sistema é a inviabilização do envio do esgoto doméstico à estação de tratamento localizada no bairro Coronel Borges, uma vez que a drenagem não pode ser interligada à tubulação que passa na margem do rio Itapemirim por questões de ordem técnica”, esclarece o diretor-presidente da Agersa, Vilson Carlos Coelho Gomes.

Além de dificultar o tratamento do esgoto, este tipo de lançamento na drenagem contribui também para a atração de insetos e roedores, além de provocar mau cheiro próximo aos bueiros.

Outros pontos para melhoria no sistema de coleta de esgoto estão sendo identificados pela Agersa para que a BRK Ambiental realize a substituição, visando garantir que todo o esgoto coletado na cidade seja enviado para tratamento. Somente na sede do município está prevista a execução de cerca de 20 mil metros de rede de esgoto até 2021, todos deliberados no âmbito da agência reguladora após as ações de fiscalização e diagnóstico dos sistemas.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*