Aposentado é agredido na Câmara de Anchieta

Publicado em às 19:02.
Por Da redação

A Assessoria de Comunicação da Câmara de Anchieta informou que o referido episódio não ocorreu nas dependências da Casa de Leis, disse ainda que a sessão transcorreu de forma pacífica sem qualquer desentendimento

 

O aposentado Euclides Manoel Flores Martins, 66 anos, mais conhecido como KID, residente no Pé do Morro, próximo à comunidade de Simpatia, contou a Reportagem que foi a sessão ordinária da Câmara de Anchieta, nesta terça, 30, para acompanhar os trabalhos do Legislativo. Durante a sessão houve uma manifestação democrática, porém ele acabou sendo surpreendido quando saia do Plenário Ulisses Guimarães para tomar um ar. Ele teria sido abordado por um funcionário da uniformizado da Prefeitura de Anchieta, que, inclusive estava usando o carro da municipalidade quando o mesmo o atacou.

O acusado de ter agredido o aposentado é Valdir, mais conhecido como Churek. Kid disse que já trabalhou com o suposto agressor e achou que era uma brincadeira quando levou a primeira gravata. KID estava junto dos demais ex-funcionários participando da tal manifestação.  “Eu estava saindo até o lado de fora para pegar o um ar, encontrei com Valdir, vulgo Chureck e ele me abordou para saber o que estava acontecendo na sessão e eu então retruquei: ‘Qual é Valdir, p… está me estranhando’?, Quando me virei para sair, ele me deu uma gravata por trás, eu pensei que ele estava brincando, porque nós já trabalhamos juntos, mas era sério, ele foi me empurrando para o lado de fora, me espremendo contra um corrimão de ferro e me apertou, eu estava quase desmaiando quando um pessoal viu e puxaram ele, em seguida ele me deu um soco de cruzada, apertou meu ombro e o pescoço”, contou o aposentado.

O caso foi parar na delegacia da cidade, onde Euclides registrou um Boletim de Ocorrência e foi orientado a fazer o exame de corpo de delito no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

Em contato com a Câmara de Anchieta, a Assessoria de Comunicação informou que desconhece o episódio, disse que a sessão transcorreu de forma pacifica e que no plenário não houve nenhum caso de agressão.

A Reportagem entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura por telefone para saber se o funcionário da Administração estava mesmo com o veículo do município,  mas até o fechamento dessa edição não conseguiu contato. O fone tocou até cair na caixa postal.

 

Foto: Euclides/ divulgação

Legenda: O aposentado teria sido agredido na entrada da Câmara Municipal por um funcionário da Prefeitura

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*