Boca do Inferno

Publicado em às 8:36.
Por Luciana Maximo

Eu vou deixar de escrever essa coluna por hoje, porque a minha maior vontade é mesmo dar na cara dessa gente que se faz de santa e fode com o outro. /// “Quantas vezes minha esperança será posta à prova? Por quantas provas terei eu que passar? Quantas vezes minha esperança vai esperar no cais? É certo que tempos difíceis existem para ensinar o aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus brasileiros venha quebrar o nosso nariz”… ///Como eu disse para algumas pessoas, não vou ficar comprando briga do povo. Este mesmo povo que se vende e escolhe quem quer para representá-lo. /// Não vou sofrer com vitimismo de ninguém. Como não tem jeito mesmo, tudo é regado a putaria, safadeza, traição, mentiras, corrupção, jeitinho, neguinho levando vantagem e querendo mais, eu deixo de escrever essa Boca do Inferno por hoje. ///Gostaria de receber de quem me deve para eu poder pagar limpo ao meu freguês, só isso. Bom dia!

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*