Câmara ainda não colocou na pauta o Fundesul

Publicado em às 9:14.
Por Da redação

 

 

O projeto do aporte foi protocolizado na Câmara no dia 28 de setembro e até quinta, 22 a Casa de Leis ainda não apreciou

 

Há mais de três meses o projeto foi protocolizado na Câmara de Kennedy e já está inclusive no Plano Plurianual – PPA de Presidente Kennedy, porém, ainda não entrou na pauta de votação e a última sessão do ano está marcada para a próxima 5ª feira às 9h00.

O que há por trás afinal de contas nos bastidores da Câmara de Presidente Kennedy que ainda não aprovou e nem rejeitou o repasse de R$ 50 milhões ao Fundesul?

A Reportagem foi a Kennedy e conversou com o presidente da Casa, Thiago Viana e ele afirmou que não há tempo para aprovar o projeto, que pode ficar na casa até 20 anos. Thiago disse que não é oposição, apenas defende os interesses da população. “Nós não somos oposição, só que nós fomos eleitos pelo povo e temos que pensar no povo antes de tomar uma decisão, seja boa ou ruim, temos que analisar o projeto que está na comissão de finanças. O projeto está em andamento, o projeto não tem data para ser votado, ele pode ser votado daqui a 4, 5, 10, 20 anos”, comentou.

Thiago disse que há uma confusão, não se trata de projeto. “O projeto já está incluído no PPA de 2018, já foi criado, eles estão querendo que a Câmara aprove um projeto de um repasse de R$50 milhões”.

A presidente da Comissão de Finanças, Tânia Correa disse que o projeto está dentro do prazo e que antes de aprovar um valor tão grande desse para atrair empresas, primeiro Kennedy deve se estruturar para receber as empresas. “Não sou oposição, falei com Amanda que o que for bom para o município eu estou dentro, mas a cidade ainda precisa se estruturar para receber essas empresas”.

O relator da comissão de Redação e Justiça, Daniel Gomes, PPS explicou que a parte da comissão já foi feita. “Há 60 dias nós provocamos uma reunião em Vitória com o pessoal do Bandes e representantes do Governo do Estado. Estiveram conosco alguns vereadores e lá nós abordamos algumas coisas que estavam sendo colocadas em relação ao Fundesul, infelizmente nem todos os vereadores foram, consequentemente após essa reunião eu solicitei uma audiência pública, e foi feita, eu não tenho a menor dúvida que esse projeto é benéfico ao município, haja vista, a necessidade de investimento que nós temos. Para que haja investimentos temos que ter incentivo. Existe uma dúvida que está sendo colocada na rua com relação ao Fundesul, muito se fala que esse investimento de 50 milhões vai beneficiar outros municípios. Isso é uma inverdade, que participou da audiência e tem acompanhado o projeto sabe que é uma inverdade, esse recurso é para beneficiar as empresas e indústrias que vieram para o município de Presidente Kennedy. Entendo que o Fundesul é uma ferramenta que vai salvar as finanças do nosso município, vai gerar emprego e renda, cabe a nós voltarmos o projeto e consequentemente fiscalizarmos a execução do projeto”, ressaltou o vereador.

Para Daniel, se os vereadores que se mostram contrário a proposta deveriam apresentar emendas ao projeto, mas colocar em votação.

 

Foto: Thiago Viana/ presidente da Casa / Luciana Maximo

Legenda: Thiago afirma que não há tempo para votar o repasse ao Fundesul

 

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*