CONFUSÃO – Diego, 2º envolvido no assalto aos PM’s

Publicado em às 17:20.
Por Da redação

A primeira informação que o jornal receber era de que Diego havia morrido próximo ao Monte Aghá. A reportagem foi lá e era mentira. A segunda era de que ele havia sido preso ainda no litoral, mentira. A terceira de que ele foi sozinho a Santa Casa e lá foi autuado. Em seguida, a informação de que não era e sim, José Antônio Azevedo Estefanato Júnior. Sábado pela manhã, outra informação que era mesmo Diego e não o outro veiculado no jornal.

Diego de Souza Neves é o segundo envolvido na tentativa frustrada de assalto, na manhã desta sexta-feira, 26 em Itaipava/ Itapemirim. Sexta-feira, 25, o jornal recebeu a foto de Diego e a afirmação de que ele era o assaltante que estava com Alto-Falante, que acabou morto, na troca de tiros, duas horas depois, a edição já estava no site quando recebeu outra informação afirmando que não era Diego, e sim, José Antônio Azevedo Estefanato Junior que seria comparsa do bandido morto, Jonathan.

Pela informação equivocada recebida, o jornal veiculou na capa principal a foto de José Antônio Azevedo Estefanato Júnior. Na verdade, José Antônio foi baleado em Cachoeiro em uma troca de tiros e levado a Santa Casa de Misericórdia. A informação viralizou nos grupos de whatsapp e chegou ao jornal como sendo ele o segundo envolvido no crime de Itaipava. O jornal noticiou que José Antônio era o comparsa de Jonathan Ayres, morto na troca de tiros com os PM’s. O jornal retifica a informação e publica agora a verdadeira fotografia e o nome do suspeito de ter participado da tentativa de assalto, inclusive a motocicleta usada nesta ação seria de Diego.

Neste sábado, 26, o jornal confirmou com o delegado de Itapemirim, Dr. Djalma Lemos, responsável pela investigação do crime e ele assegurou que, o segundo bandido envolvido é mesmo Diego. Ele já foi autuado por latrocínio.

Segundo informações extraoficiais, Diego corre risco de morte, está na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim.

O jornal pede desculpa aos seus leitores pelo equívoco na notícia.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*