Eleição da Câmara de Anchieta parece um enredo de carnaval

Publicado em às 17:52.
Por Da redação

Depois do carnaval abre alas para a eleição da nova mesa diretora da Câmara de Anchieta

 

Protocolada e assinada pelo presidente da Câmara de Anchieta, Tássio Brunoro (PMDB), já no mural da recepção da casa de Leis, a eleição da nova Mesa Diretora para o biênio 2019/2020 previsto para a quinta-feira (15), às 10 horas da manhã, movimentou o período pré-carnaval na Terra do Santo José de Anchieta.

Os vereadores foram pegos com as fantasias na mão. Pois tomaram ciência do fato na quarta-feira (07). Foi um abre alas de reuniões, que não tinha fecha alas. O mestre de bateria da casa o presidente Tássio Brunoro é candidatíssimo à reeleição do bloco do Unidos Para Governar. Por ele sua vez ele conta com o voto do bloco Grupo dos Cinco Cavaleiros formado pelos vereadores, Beto Caliman (DEM), Alexandre Assad (PRB), Geovane Meneguele (PSD), Professor Robinho Mattos (Avante) e Zé Maria Brandão (Patriotas). Porém eles podem não confirmar mais uma vez o apoio que deram o campeonato a Tássio no carnaval/eleição passado, digo eleição da Mesa, pois Tássio estava como mero dançarino no Bloco Quatro Pierrôs e Uma Colombina formando por Richard Costa (PPL), Cleber Pombo (PPL), Serginho de Jesus (PSD), Renato Lorencini (PSB) e Teresinha Mezadri (PV). Porém foi tirado deste bloco pelo dos Cinco Cavaleiros e passou de dançarino a mestre de bateria/presidente da Escola de Samba/ Câmara de Anchieta. Foi uma nota dez do Bloco dos Cinco Cavaleiros, que pode repetir o samba enredo que deu certo na vez passada, mas com outro dançarino.

 

Outro carnaval, digo eleição

 

Mas este ano não vai ser igual aquele que passou diz um folião/vereador que prefere ficar oculto atrás da máscara negra, podendo haver uma troca de mestre de bateria/presidente. A harmonia é simples, mais vez se tiraria um dançarino do Bloco Quatro Pierrôs e uma Colombina ele seria o presidente. Ou ainda a propina Colombina seria a convidada seria a presidente da folia/câmara.

 

Um enredo diferente

 

Uma outra folia que pode acontecer neste ‘Samba do Crioulo Doido’ (samba do passado que mistura Tiradentes com Don Pedro), pode acontecer com o Rei Momo/ prefeito da cidade Fabricio Petri (PMDB), entrando nesta folia eleitoral e ajudando Tássio a se reeleger. Coisa que um vereador do Bloco Quatro Pierrôs de Uma Colombina bem escondidinho em sua fantasia diz ser muito difícil pois o prefeito já tem muito fantasia rasgada para consertar e não vai se meter em folia alheia. Será? Pergunta um atento mestre sala desta folia política. Que afirma que Tássio leva o voto de todos do Bloco Quatro Peirrôs e Uma Colombina.

 

Resultado do carnaval/eleição

 

Outra surpresa desta competição bem carnavalesca/política é a eleição ficar para outro carnaval, digo época. Basta o presidente Tássio anular a sessão extraordinária da eleição da nova mesa diretora, para uma outra data. Algo como após o sábado de aleluia. O importante é que no Espirito Santo Notícias Digital nos ZAP’s dos celulares e no Espirito Santo Noticias online, você vai ficar sabendo de tudo. Basta acessar.

 

Um Comentário

  1. Postado em 9 de fevereiro de 2018 às 21:50 | Link

    Parabéns ao jornal Espirito Santo Noticias por levar aos leitores um texto informativo e divertido. A vida é assim se leva com amor e humor!

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*