FORAGIDO Tadeu ‘caiu’ em Piúma

Publicado em às 9:40.
Por Da redação

 

Não adianta vir se esconder em Piúma, aqui, a PM prende e entrega a justiça e bandido costuma ver o sol nascer quadrado, o caminho é xilindró

 

O foragido da justiça de Mimoso do Sul, Tadeu Silva, 27 anos, foi preso, no início da noite desta terça-feira, 16, no bairro Piuminas, em Piúma. Tadeu estava com mandado de prisão em aberto pela Comarca de Mimoso do Sul desde o dia 08 de janeiro deste ano. Ele é acusado de tráfico de drogas.

De acordo com informações extraoficiais nesta quarta, 17, uma equipe da Policia Civil de Mimoso do Sul faria uma operação para prende Tadeu na sua residência, mas ele fugiu para Piúma e acabou caindo aqui na Cidade das Conchas. Informações ainda dão conta de que Tadeu articulava muito bem o tráfico de drogas em Cachoeiro e em Mimoso com ligações criminosas. Ele tem diversas passagens pela polícia.

Tadeu estava escondido em Piúma

Tadeu Machado da Silva, vulgo Teteu, preso na noite de terça, 15, estava se escondendo há cerca de uma semana no bairro Piuminas, em Piúma, precisamente em uma residência próximo a passarela. No local ele estava movimentando o tráfico de drogas segundo algumas testemunhas. Ele foi preso depois que a Força Tática as Equipes de Força Tática da 10ª Cia Ind. e uma Equipe formada por militares que estão no policiamento de reforço do verão montaram uma campana no local com dois militares a fim de localizar a residência e Tadeu, enquanto que as outras duas Equipes ficaram a pronto emprego. Durante a campana, os militares receberam mais informações sobre Tadeu, de que este estava praticando o tráfico de drogas na região litorânea e que foi auxiliado durante a fuga por uma mulher de nome Lorrany, que tinha como características tatuagem na perna esquerda e no braço esquerdo e piercing na sobrancelha esquerda. Após aproximadamente vinte minutos de observação do local, os militares conseguiram visualizar que Tadeu saia e entrava de uma residência, enquanto que uma mulher ficava na esquina da rua vigiando a entrada de viatura policial no bairro com o intuito de avisa-lo. Nesse momento foi repassada a visão para as Equipes que estavam em pronto emprego, para que elas pudessem realizar a abordagem e detê-lo. No momento em que as viaturas chegaram ao local, foi visualizado nitidamente pelas Equipes que Tadeu entrou rapidamente para a residência, colocou uma quantidade de droga na boca e se sentou no sofá junto de duas mulheres que já estavam no interior do imóvel, sendo abordado e detido pelas Equipes. Durante as buscas, Edienes de Freitas Azevedo, proprietária do imóvel, afirmou que Tadeu ao chegar a Piúma havia trazido uma quantidade grande de drogas e que no momento da chegada das viaturas havia engolido dois papelotes de cocaína, acompanhou a realização das buscas no interior de sua residência, e muito nervosa com a situação passou mal, dando crise de convulsão, sendo imediatamente encaminhada ao Hospital de Piúma pela ambulância do SAMU. No interior da residência nada de ilícito foi encontrado, e com Tadeu foi encontrado R$1.003,55 (mil e três reais e cinquenta e cinco centavos). Com intuito de localizar a mulher, os militares conseguiram visualizar uma mulher com as características igualmente passadas (tatuagem na perna esquerda e no braço esquerdo e piercing na sobrancelha esquerda), ao aborda-la afirmou se chamar Lorrany Coqui Faria e que estava na mesma residência que Taeu, na qual foram localizados seus pertences e documento. Lorrany, sabendo que Tadeu era procurado da Justiça para ser preso pelo crime de tráfico de drogas, do qual tiveram informações de que é cúmplice, o auxiliou na fuga para Piúma, bem como lhe prestava auxilio para que permanecesse na cidade, o subtraindo da ação das autoridades que o buscavam. Diante do fato, a PM encaminhou e apresentou Tadeu (foragido que possuía Mandando de Prisão por Tráfico de drogas) e Lorrany à autoridade Policial acompanhados de Fernanda Xavier Martins, testemunha e namorada de Tadeu, e que também confirmou o que Edienes afirmara, de que Tadeu ao chegar a Piúma havia trazido uma quantidade grande de drogas. Vale ressaltar que durante a ação dos policiais, Waldyr Israel Barreira do Amparo, cidadão conhecido por diversas participações em crimes na região, se apresentou causando tumulto e tentando inflamar a população contra os policiais, sendo imediatamente impedido e abordado, e como nada de ilícito foi encontrado, foi liberado no local.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*