Fotógrafo cachoeirense revela cotidiano litorâneo em exposição

Publicado em às 17:30.
Por Assessoria de Imprensa

O pescador na Praia da Colônia (foto) é uma das 20 cenas da mostra

Há quem faça poesia com câmera, em vez de palavras. É o caso do fotógrafo cachoeirense Reynaldo Monteiro, que, com sua lente, transcreve – tal como o cronista – frestras e miudezas cotidianas do litoral sul de Marataízes, onde ele vive atualmente.

Dessa espécie de acervo lítero-visual, 20 fotos vão ser apresentadas em Cachoeiro de Itapemirim, a partir da semana que vem, na Sala Levino Fanzeres.

A exposição “Um Olhar sobre Marataízes” será aberta na próxima segunda-feira (11), às 19h, com solenidade que inclui show musical do próprio expositor, que contará com a participação do cantor e compositor Ricardo Lemos.

“Os registros desnudam alguns aspectos do lugar que até seus moradores não percebem, além de revelar uma percepção artística especial da fotografia, apresentando, em cada peça, um instante único e mágico. É a garça voando, é a lua majestosa no céu”, explica Monteiro.

A mostra fica em cartaz até 30 de outubro. A visitação é gratuita e pode ser feita de segunda a sexta, das 9h às 18h. A Sala Levino Fanzeres está localizada no térreo do edifício Bernardino Monteiro, sede da prefeitura, na praça Jerônimo Monteiro, região central da cidade.

Minibiografia

Além de fotógrafo e músico, Reynaldo Monteiro é engenheiro formado pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

Participou de várias exposições fotográficas no Rio de Janeiro, Vitória e Marataízes – município este em que tem ministrado cursos de fotografia e no qual desenvolverá, ainda para este ano, projeto de aulas para alunos do ensino fundamental.

Como músico, foi o primeiro pandeirista e um dos fundadores do Conjunto Galo Preto, uma das referências do chorinho nos anos 1970, com muitos shows em diversos teatros e uma apresentação no programa “Fantástico”, da Rede Globo.

Participou da trilha sonora do filme nacional “Ladrões de Cinema”. Multi-instrumentista, possui composições solo e, também, com parceiros.

Frequentou o Ateliê de Gravura do Sesc Tijuca (RJ), produzindo gravuras em metal e participando de exposições e salões.

Serviço

Exposição: “Um olhar sobre Marataízes”, de Reynaldo Monteiro
Local: Sala Levino Fanzeres (térreo do edifício Bernardino Monteiro, sede da prefeitura de Cachoeiro)
Data: 11 de setembro a 30 de outubro de 2017

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*