Guarda Municipal de Anchieta poderá ser Polícia

Publicado em às 10:09.
Por Assessoria de Imprensa

Indicação de Tássio Brunoro sugere que a Guarda Municipal de Anchieta receba a denominação de Polícia Municipal

O vereador e presidente da Câmara de Anchieta Tássio Brunoro (PMDB) sugeriu ao executivo na sessão do dia 03 de outubro, através de indicação, que a Guarda Municipal de Anchieta passe a ser denominada “Polícia Municipal de Anchieta”. “Nossos guardas municipais já exercem funções de polícia como uso da força, patrulhamento, proteção à vida, entre outras, e a nova denominação não afetará seu estatuto jurídico, competências e atribuições”, disse o vereador.
No início deste ano, a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, na Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 5488/16, que altera o Estatuto Geral das Guardas Municipais (Lei 13.022/14) para permitir que os guardas municipais também possam ser chamados de “policiais municipais”.
As cidades de São José do Rio Preto, em São Paulo, Cristalina, em Goiás, São Luís, no Maranhão e Fortaleza, no Ceará, entre outras já adotaram a nova denominação através de Projetos de Lei.
A Guarda Municipal de Anchieta completou nove anos de existência em setembro deste ano e vem desempenhando um belíssimo trabalho de bravura e dedicação no dia a dia da cidade, trazendo mais segurança para os munícipes.
Os membros da Guarda Municipal, a agente de segurança Katrini e o Gerente Estratégico da Guarda Nogueira falaram sobre a possível mudança na nomenclatura da corporação. “É mais um reconhecimento, principalmente pelo desempenho e os resultados que alcançamos durante a greve da Polícia Militar, no início deste ano. Além disso, algo novo sempre vem para nos motivar”, frisou Katrini, que já trabalha na GCM há 6 anos.
Nogueira, que trabalha na GCM desde o seu primeiro ano elogiou a iniciativa do vereador. “A indicação é muito importante e demonstra reconhecimento ao serviço que prestamos à comunidade. Estamos vivendo um momento onde, cada vez mais, exercemos papel de polícia, sempre junto com as Polícias Civil e Militar. E o fortalecimento da segurança favorece a população”.

A indicação deve voltar à Câmara como Projeto de Lei, caso o prefeito Fabricio Petri acate a sugestão. A nova nomenclatura ganha validade após votação e aprovação em plenário e sansão do prefeito.

 

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*