Idosos estão se cuidando mais em Itapemirim

Publicado em às 21:01.
Por Ivny Matos

Foi o tempo em que os idosos passavam dias inteiros em frente à televisão, fazendo croché, pitando um cigarrinho de palha ou jogando conversa fora à beira de botequins. Hoje em dia essas imagens se tornaram raras, pois os idosos estão dando um show nas quadras, areias e piscinas, esse é o caso do Sr. José Maria da Cipreste.

Ele tem 72 anos, é motorista aposentado e veio de Minas Gerais para Itaipava há sete anos, para desfrutar de uma vida mais saudável à beira mar. “Eu levo muito a sério esse negócio de exercício físico. Não podemos deixar de tomar uma cervejinha para relaxar, mas tudo dentro de um equilíbrio. Eu sempre penso em quantos amigos deixei em Ipatinga, que se estivessem morando aqui, estariam vivendo muito melhor!”

José Maria é competidor medalhista na natação da Terceira Idade de Itapemirim e faz parte da turma orientada pela professora Renata Andressa. Eles praticam musculação na Academia Popular, ginástica no Ginásio de Esportes, aulas de natação e vôlei adaptado na praia. Renata, que trabalha com a terceira idade desde 2002, possui 300 alunos inscritos no projeto “Qualidade de Vida na Terceira Idade”, distribuído em várias atividades.

De acordo com a professora Renata, são inúmeros os casos de idosos que chegaram à academia com o corpo curvado, de muletas, com parafusos na coluna e hoje estão “empinadinhos”, andando, correndo. “Eu trabalho a atividade física muito mais para a promoção da qualidade de vida e da reabilitação, por isso pra mim é mais gratificante trabalhar com a terceira idade, porque eu vejo o resultado na saúde dos meus alunos!” confessa Renata.

 

Doenças que mais acometem

 

De acordo com o Angiologista Dr. Fábio Fernandes e Silva, as doenças mais recorrentes nos idosos são as chamadas ateroscleróticas, ou seja, doenças causadas por entupimento das veias pela formação de placas de gorduras. Elas podem acontecer nas coronárias causando o infarto, podem entupir a circulação cerebral levando ao derrame, podem entupir os vasos da barriga e fechar a circulação do intestino, entre outras ocorrências graves. Mas, a boa notícia é que tudo isso pode ser facilmente evitado “basta praticar exercício físico, fazer dieta balanceada para manter o colesterol num nível bom, controlar a pressão, a diabetes e evitar fumar”, aconselha Dr. Fábio.

 

Foto: Idoso fazendo atividade física/ Ivny Matos

Legenda: Os idosos em Itapemirim fazem atividade física para ter mais qualidade de vida

 

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*