Renato Lorencini “Segurança é a demanda prioritária para o interior de Anchieta”

Publicado em às 20:09.
Por Monique Ferbek

 

Balanço foi feito durante as visitas do Gabinete Itinerante do vereador a 24 comunidades do interior do município

Durante a sessão plenária na Câmara de Anchieta, no dia 7 de novembro, o vereador Renato Lorencini apresentou um relatório com o balanço das demandas mais recorrentes em suas visitas às comunidades do interior do município. Ele elencou as prioridades, baseado nos relatos de moradores que foram ouvidos durante o Gabinete Itinerante “Perto de Você” nas localidades.

Desde maio, o vereador realizou sete edições do Perto de Você, passando por 24 comunidades. Cerca de 400 moradores foram ouvidos e sete áreas foram citadas pelos moradores em absolutamente todas as edições do evento, são elas: Segurança, Abastecimento de Água, Estradas, Saúde, Cursos, Iluminação e Coleta Seletiva.

Foram ouvidas as demandas de Olivânia, Dois Irmãos de Olivânia, Duas Barras, São Vicente, Barro Branco, Jaqueira, Jabaquara, Itajobaia, Serra das Graças, Goembê, Limeira, Pé do Morro, Simpatia, Dois Irmãos, Córrego da Prata, Alto Joeba, Alto Pongal, Itaperoroma Alta, Itaperoroma Baixa, Emboacica, São Mateus, Baixo Pongal, Itapeúna e Belo Horizonte.

“O ‘Perto de Você’ é uma oportunidade para aquelas pessoas que estão mais distantes fisicamente da sede da Câmara apresentarem e participarem das proposições, expondo as necessidades nas reuniões. Nesses encontros foram geradas cerca de 70 demandas, o balanço elenca aqueles pedidos que foram apontados pela população como os mais importantes, por ordem de prioridade”, ressalta o vereador.

Segurança
Neste sentido, Renato realizou durante este ano pedidos para a instalação de uma equipe da guarda e da Polícia Militar especial para o interior do município. “Embora o retorno do Executivo tenha sido de que a instalação de uma base em Alto Pongal ou Jabaquara (conforme solicitava a indicação) não é possível neste momento, pela falta de recurso, vamos seguir cobrando e propondo alternativas, sendo esta uma prioridade do interior. Precisamos reforçar a vigilância nas áreas rurais, a exemplo do brilhante trabalho da Guarda Municipal e da Polícia Millitar que foi feito na época da colheita do café. Este serviço de vigilância deve ser contínuo”, afirma o vereador.

Água

Há comunidades que sofrem com problemas de falta d’água, sendo seu sistema de abastecimento insuficiente. “Oficiamos e indicamos à Prefeitura a extensão da rede nas comunidades Limeira, Jabaquara, Simpatia, Emboacica, Belo Horizonte, Goembê e Serra das Graças. Reiteramos também o pedido que fizemos ao Executivo para incentivo aos proprietários rurais para que preservem os cursos d’água, com o plantio e preservação de árvores em sua extensão”, acrescenta Lorencini.

Estradas

Foram produzidos documentos solicitando melhorias em diversas localidades e seus acessos. As entradas de comunidades localizadas às margens da BR, por exemplo, como Alto Pongal, Itaperoroma, Serra das Graças e Simpatia necessitam de intervenções da ECO. “O município passa por um momento díficil, mas precisamos buscar alternativas para atender o homem do campo, dando condições de tráfego e o mínimo de estrutura”.

Saúde
As principais demandas são por consultas especializadas e exames. “Em algumas localidades, a deficiência estava na falta de material odontológico e cobramos da Secretaria de Saúde as providências. Acompanhamos os processos e já temos a informação de que os postos estão sendo abastecidos e a distribuição de materiais, vem sendo restabelecida gradativamente”, informou o vereador.

Capacitações
Outro ponto bastante demandado foi por cursos e capacitações utilizando, inclusive, espaços e equipamentos já existentes e que não estão sendo utilizados. É o caso do Centro de Convivência de Itapeúna e o de Belo Horizonte que contam com computadores que estão desativados. “Além disso, a agroindústria de Anchieta está se reinventando e os produtores necessitam incentivos e capacitações para que possam se aperfeiçoar. Seja de novas ideias, novas formas de trabalho, empreendedorismo, enfim, o que possa tornar o trabalho no campo interessante e rentável. Neste momento de crise, o campo está sendo a alternativa para muitos anchietenses”, reforça.

Coleta Seletiva

Em todos os encontros, as comunidades manifestaram o interesse pela implantação da Coleta Seletiva. Em indicações e pedidos, Renato requereu que a sistema de coleta de materiais recicláveis seja ampliado para o interior. Renato também defende a implantação efetiva da Coleta Seletiva na Câmara Municipal e em todas as repartições.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*