Ritmo de carnaval alas são trocadas em Anchieta

Publicado em às 16:09.
Por Da redação

Abre Alas para o Bloco das Mudanças na Câmara e Prefeitura de Anchieta

Um verdadeiro samba do “Crioulo Doido” (samba popular que mistura tudo). Ou seria uma “suruba política”. Enfim, um troca-troca daqueles, balançou as estruturas da Terra do Santo José de Anchieta nestes últimos dias. A redação do Jornal Digital teve informações extraoficiais sobre possíveis mudanças no Executivo e Legislativo Municipal de Anchieta.

Na Casa de Leis

O jovem pré-candidato a deputado estadual, Adson Nogueira (PRP), deixa a Controladoria e passa a ser o diretor geral da Casa. No seu lugar entrará o advogado Marcelo Amaral, o Marcelo da “Padaria”. Já Renan Paiva que era o diretor geral da Câmara é o novo secretÁrio de Esportes de Anchieta. Sai o Professor Rubens Veja que fica por hora no banco de reservas. Se vai entrar em algum lugar, depende do treinador/prefeito Fabrico Petri (PMDB).

Na Prefeitura

Na Prefeitura de Anchieta também as alas se movimentam. Segundo informações ainda não oficiais, a secretária de Educação Janini de Jesus, passou em um concurso público e deixa o cargo em breve. Para seu lugar o nome de Paula Louzada é cotado, Paula que já ocupou esta pasta na era Edval Petri. Para o lugar de Paula, surge o nome de Flavio Santana da secretaria de Infraestrutura, que por sua vez teria o lugar ocupado por Adryan Roveta, homem de confiança do vereador Renato Lorencini (PSB). Porém segundo fontes o próprio Renato pode ocupar a Infraestrutura, e sua suplente Merinha assumiria sua vaga na Câmara, vagando a Ouvidoria da Prefeitura. Outra mudança nesta ‘orgia carnavalesca’ seria a saída do chefe da fiscalização, André “Barbudo”, para a entrada de um nome com mais diálogo e recursos humanos. É só aguardar que no final na folia, este abre alas político deve vir no Bloco das Mudanças.

Cientista politica analisa as mudanças

Para o Cientista Politico Popular, Anilson Ferreira, “as mudanças são adequações de uma não politico: “Em ano de eleição, sai de cena o gestor técnico e entra a gestão politica. Que é na verdade quem comanda tudo. Quem atua em poderes como o Executivo e Legislativo tem de saber que o seu pai e sua mãe, quem comanda é a Politica. Nas duas casas a Câmara e a Prefeitura, a tendência é uma dose de boa de parceira, até as eleições de outubro. Pois ambas casas, precisam de eleger aliados para deputados estaduais e federais, senadores, governador e presidente. Tudo muito normal e previsto”.

Um Comentário

  1. Postado em 8 de fevereiro de 2018 às 18:06 | Link

    O Mercado Politico de Anchieta esta quente como o verão/carnaval

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*