Sem salva-vidas, prefeitura alerta banhistas: “Nade por sua conta e risco”

Publicado em às 19:32.
Por Assessoria de Imprensa

Por: Weslei Radavelli

Uma placa fixada no balneário de Marataízes, litoral sul do Estado orienta os banhistas para cuidados com o mar na região. O aviso, instalado pela própria prefeitura em cinco pontos da cidade, alerta para a falta de guarda-vidas.

“Aviso: local sem guarda-vidas. Nade por sua conta e risco”, diz um dos dizeres.

A placa aponta algumas orientações aos banhistas como evitar o consumo de bebidas alcoólicas antes de entrar no mar e que seja evitado nadar sozinho ou deixar crianças sozinhas.

De acordo com o secretário de Segurança Pública de Marataízes, Anderson Gouveia, a placa foi instalada pela Prefeitura em cinco pontos diante do número insuficiente de guarda-vidas para atender a toda a cidade. “Temos 25 pontos monitorados pelos guarda-vidas, mas outros cinco que não contam com esta proteção. Com isso, para evitar a possibilidade de acidentes, decidimos colocar as placas”, informou.

Ainda segundo o secretário, a cidade conta hoje com 64 profissionais e outros 26 guarda-vidas serão apresentados nesta sexta-feira (05) e começam a trabalhar no sábado (06). Estes agentes vão reforçar os 25 pontos que já estão sendo monitorados, completando a escala dos profissionais.

Quanto aos dizeres “Nade por sua conta e risco”, o secretário afirmou que o objetivo é reforçar que esta é uma decisão do banhista. “Ele está vendo a placa, onde nós estamos informando que naquele ponto não tem guarda-vidas. Se ele quiser nadar, é por conta e risco dele”, explicou.

Outros locais

Uma placa semelhante a esta foi colocada na Praia Secreta, em Vila Velha. Entretanto, ao contrário da placa de Marataízes, esta foi colocada pelo Corpo de Bombeiros do Espírito Santo.

Em nota,  a corporação explicou que o aviso está no local há mais de três anos e faz parte do Projeto de Regulamentação para Sinalização de Risco para Banhistas no Estado do ES. O objetivo é orientar adequadamente todos os usuários das praias, rios e lagos quanto às práticas de prevenção de acidentes nesses locais.

“[A placa] Foi colocada quando o local ainda era desconhecido por parte dos banhistas. Ela serve de alerta sobre os riscos de se nadar no local. Como virou ponto turístico deve ser montado um ponto de apoio e monitoramento no local. A medida será avaliada em conjunto com o município. A marca do Corpo de Bombeiros na placa é uma chancela do alerta que banhistas correm ao desbravar pontos sem supervisão”, informou.

Ainda segundo os Bombeiros, o texto segue um padrão mundial recomendado pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA).

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*