Um Magistrado careca e de estatura mediana, quer ser estrela no STF.

Publicado em às 10:26.
Por Gilvan Barbosa Gama

Alguns magistrados em Brasília  acreditam piamente que são deuses , já outros têm convicção formada de que o são.Fora da toga,para eles, todos são desprezíveis mortais.

A minha crítica maior e mais ácida  vai para o “me notem estou aqui” Gilmar Mendes,donatário da capitania regional de Diamantino em Mato Grosso, onde tem a metade da cidade e a outra metade também é dele .Como Magistrado em Brasília, o todo poderoso tripudia e debocha de tudo e de todos,inclusive dos seus pares,mostrando ser um egocêntrico “top”de linha.
Com maquiavélica maestria,manipula a lei da forma e modo que se lhe apraz,onde essa só mostra o seu braço forte quando é direcionada para os seus desafetos e antipatias pessoais.Para os inimigos do diamantinense(MT) somente a lei dura e seca.
Se o acaso colocasse o Dr. Rodrigo Janot ,Procurador da República ,seu desafeto pessoal como réu em julgamento onde o Juiz fosse o “SENHOR DAS LEIS”, ao Dr. Janot jamais seria concedido um< Habeas Corpus >por mais bem fundamentado que fosse.O Gilmar fatalmente o condenaria com a pena mais pesada que a lei pudesse oferecer.Na mídia o “donatário legis”  chama o Dr. Janot de procurador trêfego e barulhento.JORNAL A TRIBUNA-ES 21/08/2017
Quanto ao clamor popular que vem do povo, na grita contra as suas decisões dúbias, ele simplesmente diz ignorar,deixando transparecer que a patuleia é ignara e que cultura jurídica somente ele é o titular absoluto.Não é novidade para ninguém  que o “donatário das leis”por “habeas corpus” em duas ocasiões, liberou da cadeia o Sr. Jacob Barata,conhecido empresário acusado por falcatruas no transporte coletivo no Rio de Janeiro.Curioso é que este senhor é o pai da noiva da qual Gilmar foi padrinho de casamento.Isso os tornam compadres e tudo mais fica em família.Há que se dizer outrossim,que a esposa do Ministro Gilmar,é advogada  e trabalha no Escritório de advocacia de Sérgio Bernardes que defende investigados na Lava a Jato.
No que diz respeito ao  instituto da prisão preventiva, Gilmar Mendes no momento se mostra averso à prisão preventiva  por ela  não ser do seu interesse, caso contrário última forma com defesa e aplausos.No momento,por não ser do seu interesse, ele a chama  de abuso ineficaz no resguardo do Processo Penal,chegando a chamar de indignos alguns tribunais, alegando e pedindo urgência no resgate da dignidade perdia por estes ,e que eles venham a assumir o papel de órgão controlador dos pedidos do Ministério Público,ao invés de homologar os requerimentos que lhes são encaminhados.
A conclusão, salvo melhor juízo, é que no Olimpo particular  do Deus Gilmar Mendes,O Ministério Publico é o órgão fiscalizador do qual ele, dependendo da  situação jurídica,ou aplaude ou quer distância galáctica.
Ó DIVINO DAS LEIS EM BRASÍLIA, BAIXA A BOLA, SEGURA A ONDA E CAI NA REAL.
JOGO DE CINTURA É SÓ PARA QUEM NÃO USA SAIA JUSTA OU  CUECA SAMBA CANÇÃO.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*