VOLTA AS AULAS – movimento cresce nas papelarias

Publicado em às 10:07.
Por Luciana Maximo

Pais e mães estão em busca do material escolar com a aproximação da volta as aulas. Os preços tiveram aumento do ano passado para este, mas mesmo, procura é grande nas papelarias. A lista de material escolar é grande. São lápis, cadernos, mochila, réguas, lápis de cor, giz de cera, papel, em algumas, papel higiênico e copos.

A lista das escolas não é pequena, e as crianças ficam loucas com os lançamentos, querem tudo novo. Na hora da compra a pechincha é sempre boa, pois os preços podem variar de uma papelaria para a outra.

Em Piúma, a Gabriela Papelaria já teve de renovar os materiais das prateleiras diversas vezes, a procura é muito boa, segundo a proprietária Isabela Bassul Mulinari. “Esse ano o volta as aulas surpreendeu, ano passado a gente tinha esse clima todo por conta da greve da PM, foi exatamente na semana. Este ano a procura está muito boa, os turistas estão comprando, a cidade estava muito cheia, nosso ponto é bem localizado, facilitou muito”.

Isabela frisou que a loja vai as escolas e pega as listas para facilitar na compra e no orçamento, e quando aparecem novas listas eles copiam e disponibilizam no mural da loja. “Ainda não temos todas, mas temos muitas”.

Destacou Isabela que este ano os materiais tiveram um aumento na casa de 15%, mas a loja disponibiliza muitas promoções, mochilas com preços ótimos e cadernos, além dos descontos nas compras à vista, tem a facilidade de parcelamento nos cartões de crédito.

A pedagoga Lenilce Carvalho estava comprando materiais para as duas filhas, disse que os preços são bons, o atendimento é ótimo e variedade da Gabriela Papelaria é que dar ao cliente maior poder de escolha. “Eu sempre compro aqui, a qualidade do material é muito boa, atendimento maravilhoso, aqui os preços estão de acordo com o meu bolso”.

Não tem para onde correr, as aulas estão voltando, as lojas estão repletas de novidades. “Última semana de férias, não tem jeito, tem que vir comprar o material das meninas, as aulas já começam na segunda-feira. A escola entrega a lista e a gente vem aqui escolher com carinho”.

Lenilce achou a lista justa e não viu exagero por parte da escola, disse que os materiais são pedagógicos e necessários. “A escola pede uma vez no ano, acho justo”.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*