FELIZ ANIVERSÁRIO! PIÚMA: 53 ANOS DE EMANCIPAÇÃO

Publicado em às 9:22.
Por Da redação

 

 

Com uma super história, Piúma se emancipa de Iconha, rouba a cena e completa 53 anos, nesta sexta-feira, em comemoração ao dia da padroeira da cidade,

 

Como a maioria das cidades, Piúma também tem uma grande história e merece ser preservada, com riqueza de detalhes. Nesta sexta-feira 08, a cidade para homenagear a sua padroeira, Nossa Senhora da Conceição. E por conta da sua importância e da fé do seu povo, escolheram a data para lembrar a Emancipação Política ocorrida em 1963.

Contudo é preciso compreender as entranhas da história.

Piúma era habitada por índios Puris. Com a chegada do padre José de Anchieta, em 1585, a região passou a ser denominada de Aldeia dos Índios Puris. Logo depois, vieram os colonizadores franceses, com o tempo chegaram os portugueses, ingleses e outros.

Em 4 de maio de 1883, a região foi elevada à categoria de Vila, denominada de Nossa Senhora da Conceição de Piúma. Em 24 de dezembro de 1963 foi criado o município, mas, somente em 6 de julho de 1964 deu-se a instalação.

A Lei 1.908 dispõe no Art. 1º – “Fica criado o município de Piúma, com o território correspondente ao distrito do mesmo nome, desmembrando-se do município de Iconha. Esta lei entrou em vigor em 1 de janeiro de 1964, mas foi publicada em 30/12/1963.

De acordo com o doutor em Sociologia, e Professor da Universidade Federal de Alagoas – UFAL, Cristiano das Neves Bodart, no artigo “Afinal quantos anos tem o município de Piúma”, publicado na revista Litorânea em 2014, o município de Piúma foi criado em 02 de janeiro de 1891 e instalado dezessete dias depois com território desmembrado do município de Benevente. “No entanto, no ano de 1904, em 18 de novembro, a decadência econômica de Piúma e a prosperidade de Iconha fizeram com que Iconha se tornasse a sede do município e Piúma seu distrito. Assim, por meio de Lei estadual nº 1.428, de 03.07.1924, o município Piúma passou a denominar-se Iconha”.

A emancipação de Piúma, segundo Bodart, em relação a Iconha, só ocorreu em 1963. Nesse ano, a Câmara Legislativa de Iconha, após muitas solicitações, coloca em pauta o desmembramento de Piúma. “Na ocasião, dos 9 vereadores, quatro eram contrários a emancipação. O presidente da Câmara, Paulo Coelho, intermediou os interesses dos piumenses. Após muitas conversas, os referidos vereadores resolveram não comparecer no dia da votação da proposta, a fim de não gerar conflito. Assim, foi aprovado o envio de um encaminhamento (ofício nº44/63, de 06 de junho de 1963) à Assembleia Legislativa Estadual a solicitação do desmembramento. Juntamente ao ofício seguiu um abaixo assinado contendo 566 assinaturas de piumenses que reforçava o pedido. Desta forma, o município de Piúma, tal como conhecemos hoje, foi criado por força de Lei, nº 1.908, aprovada pela Assembleia Legislativa, no palácio Domingos Martins, no dia 24 de dezembro de 1963, entrando em vigor em 01 de Janeiro de 1964 e sendo o município instalado em 06 de julho daquele ano”, explicou o professor.

Embora a emancipação tivesse ocorrido no dia 24, posteriormente, devido a festa da ainda de acordo com o artigo de Bodart, a Padroeira da cidade, Nossa Senhora da Conceição comemora-se o dia em 08 de dezembro e por essa razão, a emancipação passou a ser comemorada nesta data. “Para que isso acontecesse há duas possibilidades: 1ª. A data foi antecipada em 16 dias, sendo em 08 de dezembro de 1964 comemorado seu primeiro aniversário ou; 2ª. a data adiada 12 meses e sendo comemorado o seu primeiro aniversário apenas em 1965. Se a primeira alternativa, que nos parece mais provável, é verdadeira, em 08 de dezembro de 2014 Piúma completou 51 anos. O certo é que o município completou 50 anos de instalação no dia 06 de julho, recebendo do Instituto Histórico e Geográfico de Piúma/IHGP um belo presente: o livro “História e Estórias de Piúma”. 9º (o texto foi publicado em 2014). Piúma na verdade hoje completa 53 anos.

 

Interventor governou a cidade

 

O doutor em sociologia e professor Cristiano Bodart, assegura em seu artigo que, no dia 01 de Janeiro de 1964 a administração do município de Piúma foi entregue, por meio da função de interventor, ao senhor Petronílio Batista Filho, que por motivos de saúde não tomou posse, sendo nomeado Eliseu Xavier Nunes, que também não assumiu a função devido sua idade avançada. “Assim, o primeiro interventor de Piúma acabou sendo Edgar Nunes de Oliveira que governou por um período de um ano e nove meses, sendo deposto do cargo antes das eleições de 1966. Depois de Edgar, Piúma teve ainda mais dois interventores que ficaram por pouco tempo no cargo: o Cel. da Polícia, sr. Dejalma Borges e o Major Nadgi Ulisses de Oliveira, respectivamente”.

Bodart frisa no artigo, Afinal quanto anos tem o município de Piúma que o primeiro prefeito de Piúma assumiu o cargo em 01 de janeiro de 1967. “A eleição direta ocorreu em 16 de novembro de 1966, tendo a presença de 778 votantes, sendo 772 votos válidos, sendo, na ocasião, a população de Piúma composta por 3.122 habitantes. José de Vargas Scherrer que disputou a prefeitura com Paulo Coelho venceu as eleições com 408 votos, tornando-se o primeiro prefeito de Piúma. Nesses 50 anos, Piúma teve nove prefeitos em doze gestões municipais, tendo sido os prefeitos: José de Vargas Scherrer (1968-1971), Alcides Abrahão (1971-1973), Elias Feres (1973-1977), Hélio Garcia Marvilla (1977-1983), José Izaias Moreira Scherrer (1983-1989), Samuel Zuqui (1989-1992) Valter Luiz Potratz (1993-1996 e 2005-2008), Samuel Zuqui (1997-2004 e 2013-atual), Ricardo Pereira da Costa (2008-2012)”.

“Aniversário de emancipação é uma data que nos instiga a olhar para o passado, resgatando-o, e refletir sobre o nosso presente e futuro. O Instituto Histórico e Geográfico de Piúma tem buscado colaborar voluntariamente com esse intento, contribuindo de forma significativa para que nossa História seja preservada e as confusões decorrente do esquecimento sejam corrigidas. Que bom que temos o IHGP! Parabéns Piúma pelo seu aniversário”!, parabenizou Cristiano Bodart.

 

 

Foto divulgação – Piúma

Legenda: A cidade de Piúma comemora nesta data 53 anos de Emancipação por conta do dia da sua padroeira, Nossa Senhora da Conceição.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*