Projetos de Cachoeiro avançam em seleção de programa de inovação

Publicado em às 17:52.
Por Assessoria de Imprensa
São concorrentes ao prêmio de R$ 50 mil, que será concedido às 40 melhores propostasCinco ideias de empreendedores de Cachoeiro estão entre as 150 selecionadas na terceira fase do Sinapse da Inovação, programa da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) que tem o apoio da prefeitura cachoeirense na divulgação feita no município. Agora, eles estão mais próximos do prêmio de R$ 50 mil, que será concedido aos 40 melhores projetos.

Para chegar nessa etapa, os cachoeirenses se destacaram, inicialmente, entre mais de 1,2 mil capixabas inscritos. No início de setembro, 300 ideias foram aprovadas e seus proponentes capacitados por especialistas sobre diversos temas para o sucesso de uma startup. Estes selecionados tiveram que submeter um novo projeto de empreendimento, em que foram novamente avaliados até chegar à terceira fase de seleção.

Os autores das ideias aprovadas para a Fase 3 deverão submeter um projeto de fomento entre os dias 06 a 20/11. Durante a nova fase, as equipes terão acesso a capacitações com especialistas acerca de diversos pontos essenciais para o sucesso de uma startup.

Os classificados participaram, nesta segunda-feira (23), de uma reunião na Danzi Soluções Empresariais. A criação do ecossistema inovador, que gera um ambiente de troca de ideias, cooperação e desenvolvimento inovador foi um dos temas debatidos.

Para o assessor técnico da Semdec, Alexandre Gasparini, toda a dedicação, esforço e vontade de empreender tem feito a diferença em favor dos empreendedores cachoeirenses. “O resultado validou que os nossos talentos têm feito muito bem o dever de casa. Mais uma vez, entre as cidades com maior número de ideias selecionadas, Cachoeiro ficou na sexta posição e entre as dez melhores propostas em todo o Estado, uma é de Cachoeiro”, comemora Gasparini.

“Estamos felizes com o desempenho de Cachoeiro no Sinapse e na torcida para que os nossos empreendedores alcancem o sucesso e motivem outros, também, a empreender”, finaliza o secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Ribeiro Macedo.

“O Sinapse é um programa que já funciona em outros Estados e por isso trouxemos para cá para atender amplamente às tecnologias capixabas. Queremos a diversidade econômica por meio da tecnologia. O Sinapse promove a cultura empreendedora em todos os níveis”, destacou o diretor-presidente da Fapes, José Antônio Bof Buffon.

Os cinco projetos aprovados pela Fapes são: Stonesprice.com, a solução definitiva para o setor de rochas”, de Thales Lemos de Souza; “Bloqueador de tampas de tanques transportadores de combustíveis”, de Márcio Fornaciari Donna; Sistema Autônomo de Controle de Irrigação”, de Camila do Espírito Santo Ornelas; “Inteligência Artificial a favor do empreendedor”, de Jacques Douglas Danzi; e “Monitoramento de consumo de água remoto”, Bruno Coelho Alves.

Enviar comentário

Seu e-mail nunca será publicado ou compartilhado.
Campos obrigatórios marcados com *.

*
*
*